LABS

LABORATÓRIOS DE INOVAÇÃO EM ENERGIA

Você quer empreender no setor de energia?

Tem ideias de projetos inovadores para esse setor?

Sua empresa deseja realizar inovação em energia?

O LABS é o local mais adequado para a viabilização dos seus projetos. Saiba o por quê:

LABS oferece um modelo de atuação baseado no compartilhamento de espaço e recursos de escritório, proporcionando uma ocupação mais flexível, visando à cocriação, inovação e renovação do setor elétrico brasileiro.

O LABS disponibiliza espaços compartilhados que possibilitam o desenvolvimento de comunidades, o que está em linha com o conceito de economia compartilhada. É promovida a conexão dos ocupantes, pela criação de grupos por afinidades profissionais e de estilo de vida. O ambiente permite eficiência e sustentabilidade.

LABS é a melhor opção para aumentar sua produtividade e realizar novos contatos de negócios por meio de networking.

Todos os serviços do futuri9 estão disponíveis para o coworking de energia LABS.

Oferecer soluções inovadoras e sustentáveis ao mercado energético, com base nas necessidades e tendências mercadológicas.

Existem três tipos de benefícios que devem ser explorados na perspectiva de valor: o benefício funcional, o benefício emocional e o benefício de auto expressão. Os três estarão presentes em qualquer empreendimento.

Benefício funcional: qualquer produto ou serviço realiza uma função, e essa função precisa estar clara e ser superior, ou diferente dos seus concorrentes.

Benefícios emocionais: são as sensações dos consumidores ao utilizarem um produto ou serviço. Eles vão além das questões funcionais, pois dependem das percepções dos consumidores, mais do que de sua avaliação objetiva.

Benefício de auto expressão: são as atividades que fazemos para mostrar às demais pessoas como queremos ser percebidos e isso tem tudo a ver com o consumo.

1. Seleção de ideias e projetos

  • Avaliação preliminar da oportunidade de mercado
  • Avaliação do impacto sustentável (social, econômico e ambiental)
  • Avaliação da inovação

2. Desenvolvimento

  • Incubadora de ideias e projetos
  • Definição metodológica para inovação: metodologias ágeis

3. Validação

  • Aplicação no mercado
  • Análise da escalabilidade
  • Patente
  • Pesquisa de mercado – Tendências de mercado: realizar publicações em forma de anuários sobre as principais tendências de mercado, com visão de longo prazo
  • Maratonas de inovação
  • Rodadas de investimento “investi9“: conectar soluções a necessidades de mercado, com a participação de investidores.

LABS é um coworking verticalizado para o setor de energia, modelo que é ainda bastante recente no país. Por esse motivo, são muitas as dúvidas que surgem a respeito de seus propósitos e benefícios para o empreendedor. A seguir são respondidas as principais dúvidas que normalmente surgem:

 

1. Tenho uma ideia para desenvolver um produto inovador. Como o LABS pode ajudar minha startup?

Inovar significa estar à disposição para aprender e fazer algo novo, abandonando – parcial ou totalmente – aquilo que se fazia antes. Isso não é tarefa fácil, nem trivial: necessita de apoio especializado para desenhar uma estratégia e de gestão competente para executá-la, o que o LABS oferece por meio do futuri9.

Quando o assunto é inovação, faz-se necessário esquecer o produto, o serviço, a tecnologia e demais atributos. É preciso, antes de tudo, concentrar-se em responder às seguintes perguntas: qual é o problema que seu cliente (ou prospect, aquele que pode vir a ser seu cliente) quer resolver? Quais tarefas ele deseja executar? Como é possível ajudar esse cliente – de maneira lucrativa -, tornando sua vida mais fácil, simples, barata, conveniente e produtiva?

No LABS ajudamos a responder a essas perguntas e a traçar uma estratégia de desenvolvimento, auxiliando na gestão (financeira, jurídica, administrativa e comercial) e nos aspectos técnicos.

LABS ajuda com sua experiência na validação, desenvolvimento e crescimento do negócio.

2. Qual o momento ideal para entrar no LABS?

As startups que são selecionadas devem preferencialmente possuir algum tipo de validação do negócio e da tecnologia. Apesar de não existir um momento ideal para entrar no LABSstartups com MVP (produto mínimo viável) e que já tenham os primeiros clientes provavelmente conseguirão ter um melhor aproveitamento.

3. Como funciona o LABS na captação de recursos?

LABS é uma entidade privada que investe em startups ou capta recursos de terceiros (financiadores públicos e privados). O LABS investe nas startups com capital financeiro, espaço físico, mentorias, experiência e inteligência de negócios, acesso a networkinge diversos benefícios de parceiros; e seu retorno é baseado no sucesso financeiro destas startups. O LABS ajuda as startups a crescerem rapidamente e o seu sucesso depende do sucesso de suas startups.

4. Quanto o LABS investe?

O aporte financeiro pode variar de 20 mil a milhões reais. Entretanto, o aporte econômico, ou seja, o investimento que o LABS realiza com mentoria, equipe, benefícios de parceiros e infraestrutura é o maior valor que o LABS oferece.

5. Por que o LABS faz investimento no formato de mútuo conversível?

O formato de mútuo conversível é um dos instrumentos jurídicos mais usados, pelo fato de facilitar a vida do empreendedor e do investidor. Os recursos despendidos pelo LABS se convertem em participação na empresa, em um momento futuro. A maioria das startups é empresa do tipo Sociedade Limitada, porém os investidores só teriam certa segurança jurídica numa Sociedade Anônima (S/A). Para a startup ser uma S/A são necessários diversos custos e obrigações, que não são adequados para a muitas das startups. Dessa forma, o mútuo conversível é um instrumento que permite o investimento numa Sociedade Limitada, não onerando o empreendedor e dando certa segurança para o investidor.

6. Qual o perfil desejado para os empreendedores do LABS?

A preferência é de que os empreendedores já possuam alguma experiência e conhecimento do mercado e se dediquem em tempo integral ao negócio. Devem ser pessoas determinadas, resilientes e que desejem deixar sua marca no planeta.

7. Já estamos trabalhando na nossa ideia por um tempo, faz sentido participar do LABS?

Depende do que vocês estão buscando. Alguns empreendedores não desejam dinheiro e metodologias, mas o networking, as mentorias e a experiência do time do LABS. Se esse é o seu caso, faz sentido entrar em contato com o LABS.

8. Precisamos nos mudar para um espaço do LABS?

Pedimos que os empreendedores estejam presentes em nossos espaços. O convívio e a troca de experiência com a equipe e entre os empreendedores de outras startups agregam muito valor ao processo e, por isso, são altamente recomendados.

9. Qual a duração do programa de apoio do LABS?

Cada startup tem um programa diferente, que pode variar de 3 a 18 meses.

10. Quais as etapas do programa de apoio do LABS?

Os projetos e ideias passam por um processo de seleção cujo fator inovação é relevante para as etapas seguintes. Nossa dinâmica utiliza conceitos de uma incubadora e aceleradora com o intuito de possibilitar o sucesso dos projetos de forma eficiente, eficaz e sustentável. Após a seleção, as startups passam por uma etapa de desenvolvimento seguida da validação ou prototipagem.

11. Quais os critérios de seleção do programa de apoio do LABS?

Os projetos e ideias devem ser inovadores! A inovação pode contemplar melhorias de produtos, processos e serviços aplicáveis a qualquer área do setor energético (geração, transmissão, distribuição, comercialização e consumo).

12. Se durante o programa do LABS nós decidirmos mudar o projeto, o que acontece?

Não é incomum a mudança de direção (ou pivot) da startupdurante o programa. Se o melhor caminho envolver a mudança, o LABS auxiliará a startuppara que esta ocorra de maneira rápida e gere resultados.

13. O que acontece quando o programa do LABS acaba?

O papel do LABS não acaba com o fim do programa. O LABS continuará sócio das startup se, apesar de ter um papel menos atuante em suas rotinas, ainda continuará auxiliando no crescimento destas, especialmente na busca de investidores para os próximos estágios de desenvolvimento.

14. O que acontece se a nossa startup não der certo?

LABS é um investidor de alto risco e sabemos que são elevadas as chances de uma startup falhar. Isso faz parte do risco do negócio e da vida do empreendedor. Quem sabe na próxima startup você tenha sucesso!

Segue uma lista de temas baseados no Manual de P&D da Aneel.

  • FA – Fontes alternativas de geração de energia elétrica
  • GT – Geração Termelétrica
  • GB – Gestão de Bacias e Reservatórios
  • MA – Meio Ambiente
  • SE – Segurança
  • EE – Eficiência Energética
  • PL – Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica
  • OP – Operação de Sistemas de Energia Elétrica
  • SC – Supervisão, Controle e Proteção de Sistemas de Energia Elétrica
  • QC – Qualidade e Confiabilidade dos Serviços de Energia Elétrica
  • MF – Medição, faturamento e combate a perdas comerciais
  • OU – Outros

"O gênio é um por cento de inspiração e
noventa e nove por cento de suor."
- Thomas Alva Edison